EMPRESA
 
CURSOS

CURSOS ABERTOS

 
NOTÍCIAS
 
CONTATO


LINKS

 

 

 

 

 

 

      CFAE


Centro de Formação e Aperfeiçoamento em Emergências

 
>>NOTÍCIA inserida nesta segunda-feira - 20/07/2009  -  16h
15

Médica do HC de Ribeirão Preto pega gripe "A" no trabalho

Uma médica de 27 anos do Hospital das Clínicas (HC) - referência na região para atendimento à gripe suína - está entre os cinco novos casos confirmados pela Secretaria da Saúde de Ribeirão Preto (313 km de São Paulo). A cidade tem 14 confirmações.

A profissional, que não teve o nome revelado, contraiu a doença durante o atendimento a três pacientes com suspeita da gripe, há duas semanas. Ela já foi liberada do isolamento domiciliar e passa bem, assim como os outros infectados.


HC - Ribeirão Preto (SP)

A secretaria diz que a médica estava paramentada de acordo com normas do Ministério da Saúde. Na semana passada, quando o caso era suspeito, a titular da pasta, Carla Palhares, disse que a médica não usava máscara de proteção respiratória - recomendada pelo ministério na época aos profissionais envolvidos na assistência a casos suspeitos ou confirmados de infecção pelo vírus H1N1.


Gripe A
"Eu estava enganada. Conversei com a médica no dia seguinte e ela me garantiu que usou a máscara", disse Palhares ontem à Folha.

A falta de equipamentos de proteção levou ao isolamento domiciliar outra médica, Maria Dolores Biasoli, 47 anos, que é gerente da Unidade Básica de Saúde (UBS) São José.

"Atendi a mãe que veio dos Estados Unidos e o filho que estava com sintomas. Atendi sem estar paramentada, porque na época ainda não se tinham claros quais eram os procedimentos adequados", disse.

Ela deveria ter usado uma máscara M95, mais espessa, feita de um filtro que impede que gotículas do paciente infectem o profissional. Por precaução, a Vigilância Epidemiológica do município determinou que Biasoli ficasse afastada por uma semana, apesar de não ter tido sintoma da gripe.

O caso da médica é o quarto de transmissão autóctone (interna) em Ribeirão. O terceiro, também confirmado é de uma criança, prima do garoto que pegou a doença da mãe.

 

Voltar para NOTÍCIAS


Desenvolvimento: CFAE© Informática - Uberaba/MG - Todos os direitos reservados